Quando será a prova do ENEM 2019? Saiba tudo!

quando será a prova do enem 2019

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) em 2019 já estão com data confirmada pelo Ministério da Educação (MEC) e acontecerão nos dois primeiros domingos de novembro.

É muito importante você saber quando será a prova do ENEM 2019 para poder guiar os seus estudos e se preparar para alcançar uma boa nota na avaliação.

Quando abrem as inscrições do ENEM 2019?

Estudantes interessados em participar do ENEM 2019 devem confirmar a sua inscrição por meio do site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) entre os dias 06 e 17 de maio.

Entre 1º e 10 de abril os estudantes poderão pedir isenção da taxa de inscrição. Nesse mesmo período, o Inep vai receber as justificativas dos que faltaram às provas em 2018. O edital do ENEM 2019, conforme o instituto, será publicado no próximo mês.

No ano passado, 5,5 milhões de pessoas se inscreveram para fazer o ENEM 2018, mas 4,1 milhões compareceram aos dois dias de provas. Nos dois domingos de exame, os estudantes precisam desenvolver conhecimentos de linguagens, incluindo redação, ciências humanas, ciências da natureza e matemática.

Quando será a prova do ENEM 2019?

De acordo com as informações divulgadas pelo MEC, as provas do ENEM 2019 serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro.

Para que serve a nota do ENEM?

Os resultados do ENEM podem ser usados em processos seletivos para vagas no ensino superior público, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e para obter financiamento do curso pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Em 2019 o Sisu ofereceu 235,4 mil vagas, distribuídas em 129 universidades públicas de todo o país. Além de universidades brasileiras, os estudantes podem se inscrever em 37 instituições portuguesas que têm convênio com o Inep.

Como fazer a inscrição do ENEM 2019?

Os estudantes que têm dúvidas sobre como fazer a inscrição do ENEM 2019 podem consultar um passo a passo com orientações detalhadas que o Ministério da Educação (MEC) disponibilizou na internet. As dicas estão na página do Enem.

Os candidatos vão encontrar orientações sobre como preencher as informações referentes à situação escolar de quem já concluiu o ensino médio e quem ainda está cursando essa etapa, assim como sobre como fazer a opção de idioma da prova de língua estrangeira, escolher o município onde quer prestar o exame e informar os dados socioeconômicos.

Também há explicações para ajudar o candidato que precisa de atendimento diferenciado nos dias da prova do ENEM 2019

O site indica como confirmar e acompanhar a inscrição do ENEM 2019 e traz informações sobre o envio do cartão de confirmação, além da data, distribuição e duração das provas. Entre as dicas para os estudantes está verificar com antecedência, na página de acompanhamento do ENEM, a validação da inscrição e o local das provas.

As inscrições para o ENEM 2019 começam em 06 de maio e vão até o dia 17 do mesmo mês.

As provas do ENEM 2019 serão aplicadas nos dias 03 e 10 de novembro em todos os estados e no Distrito Federal. Pode se inscrever no exame quem já concluiu ou vai concluir o ensino médio até o fim de 2019. O endereço é o http://sistemasenem2.inep.gov.br/inscricaoEnem.

Para fazer a inscrição do ENEM 2019, o candidato deve ter em mãos os números do Cadastro de Pessoa Física (CPF) e do documento de identidade. Estudantes que concluírem o ensino médio em escolas públicas no ano de 2019 e participantes com renda mensal per capita de até 1,5 salário mínimo estão isentos da taxa.

Aqueles que solicitarem a isenção da taxa do ENEM 2019 deverão dispor dos documentos que comprovem a renda.

Como pedir isenção da taxa de inscrição do ENEM 2019

Começa em 01 de abril, às 10h, o prazo para pedir isenção da taxa de Inscrição do ENEM 2019. O Inep espera que cerca de 4 milhões de pessoas peçam o benefício neste ano. O prazo termina no dia 10 de abril.

Em 2019, o exame completa 21 anos e, pela segunda vez, o pedido de isenção da taxa de inscrição do ENEM será feito antes do período de inscrição.

Para todos os casos de solicitação de isenção da taxa de inscrição do ENEM 2019, o participante deverá ter documentos que comprovem a condição declarada, sob pena de responder por crime contra a fé pública e de ser eliminado do exame. Se a solicitação de isenção for negada, ainda é possível recorrer da decisão, na Página do Participante, entre os dias 23 e 29 de abril.

A aprovação da isenção da taxa de inscrição do ENEM 2019 não significa que o participante já está inscrito no Enem 2019. As inscrições deverão ser feitas das 10h do dia 6 de maio às 23h59 de 17 de maio deste ano, pelo site do Inep.

Quem tem direito à isenção do ENEM 2019?

  • Quem está cursando a última série do ensino médio neste ano em escola da rede pública
  • Quem cursou todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio
  • Quem declarar situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda e que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico)
  • Quem fez o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) do ano passado, que tenham atingido a nota mínima do exame

Como pedir a isenção do ENEM 2019?

Para pedir a isenção, o candidato deve acessar a página do Participante do ENEM e inserir seu CPF e data de nascimento. Em seguida, aparecerá uma explicação sobre as situações que garantem a isenção, para o candidato verificar se ele se enquadra em alguma delas.

Na próxima página, são pedidos outros dados pessoais, como nome da mãe e endereço. Depois disso, o sistema questiona o candidato sobre os dados necessários para ver se ele se encaixa nas situações de isenção, como o tipo de escola que frequenta ou frequentou e o Número de Identificação Social (NIS), que comprova a inscrição no CadÚnico.

No processo de inscrição também são apresentadas algumas questões sobre a situação socioeconômica da família, que servirão para subsidiar estatísticas sobre a educação. O candidato deve informar também seus dados de contato como telefone e e-mail. Em seguida, deverá criar uma senha, que será usada também para fazer a inscrição no ENEM 2019.

Por último, aparecerá uma tela com o resumo das informações, para serem conferidos pelos candidatos. Depois de concluir a solicitação, não será possível alterar os dados ou incluir documento para justificar a ausência no ENEM 2018.

Justificativa de ausência do ENEM 2018

Para os candidatos que tiveram a isenção da taxa de inscrição do ENEM no ano passado e faltaram aos dois dias de prova, o sistema automaticamente abrirá uma opção para justificar a ausência. O candidato terá que informar a causa da ausência e fazer o upload dos documentos que comprovem o motivo da falta, se quiser manter o benefício da isenção da taxa de inscrição.

Podem ser apresentadas como justificativas acidente de trânsito, assalto, casamento, morte na família, acompanhamento de cônjuge, problemas de saúde, maternidade e paternidade e trabalho no dia das provas. Não serão aceitos documentos autodeclaratórios emitidos pelo próprio participante, pais ou responsáveis.

Você acabou de se informar sobre quando será a prova do ENEM 2019, como fazer a sua inscrição e detalhes sobre o pedido de isenção da taxa do exame.

O ENEM é um mecanismo criado pelo MEC para avaliar o desempenho do ensino médio no país. Além disso, é importante ficar atento a data de quando será a prova do ENEM 2019 pois ele pode ser a porta de entrada para um curso superior.

A nota do ENEM é usada para ingresso em universidades federais e também concede bolsas de estudo em faculdades particulares por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni).

Agora que você já sabe quando será a prova do ENEM 2019, aproveite e veja quais são as faculdades de comunicação em São Paulo e o resultado do Encceja 2018 para quem busca o certificado de conclusão do ensino fundamental.

Conteúdo original da Agência Brasil

Deixe uma resposta